Bio

Facebook

Skoob

Twitter

Twitpic

Instagram

Tumblr

Tammy

Textos da Tammy

Imprensa

Fotos       &     Entrevistas!

Meu Blog!!!

Blogs que apoiam!

Agenda

Palestra Motivacional!

TV Tammy!

Crônica Falada   &    Clipe de poesia!

Leitores

   Ateliê   &   Livraria do site

 

Acho tão chique quando a pessoa diz: "Larguei tudo para viver de arte". No meu caso, cresci fazendo teatro, amadureci escrevendo, segui a vida quase toda me descobrindo nos cadernos e no palco. Não existia muito antes disso tudo. Não tive que largar nada. Minha família sempre aprovou a minha escolha, nunca fugi de lugar nenhum, não lutei contra ninguém e não tenho um passado de adeus. Tudo foi chegando calmamente, sem traumas, mas eu amo a arte como se ela tivesse sido um amor impossível que finalmente consegui conquistar, porque, no fundo no fundo, mesmo para mim, sempre recebendo apoio dos meus pais, não é fácil mostrar a cara e assumir que não será uma garota que vai trabalhar como a maioria, de carteira assinada ou em um escritório. Seja como for, eu sou e estou muito feliz. (Tammy Luciano)

(Legenda das fotos: Nas duas primeiras fotos, Programa Linha Direta da Rede Globo; Na terceira foto (de vermelho) espetáculo Cinderela; Na foto 4, com Jéssica Sodré e Agles Steib na novela Senhora do Destino; nas fotos 5 e 6 espetáculo Krikilin rima com Ziripin (papel de Krikilin) com Thiago Escobar; na foto 7 mais um Linha Direta e na foto 8 com o ator Claudio Cinti, sendo dirigida por Maurício Farias)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tammy Luciano é atriz, jornalista e escritora, autora de poesias, peças de teatro, crônicas e dos livros "Fernanda Vogel na Passarela da Vida", "Novela de Poemas", "Sou Toda Errada" e "Garota Replay" que a fez se tornar a primeira escritora brasileira do Selo Novo Conceito Jovem, da Editora Novo Conceito. Formada em Artes Cênicas e Jornalismo, fez especialização em roteiro em Washington DC, EUA. Atua tanto quanto escreve, tem há mais de dez anos um grupo de teatro no Retiro dos Artistas, Rio de Janeiro, foi colunista do JB Online e do site Baguete Diário, apresentou o quadro Tá no Papo do Hipermídia do Globo.com, participou de diversos espetáculos teatrais, novelas como Uga-Uga, Laços de Família, Caminhos do Coração, episódios do Linha Direta, A Grande Família, foi repórter do Programa TV Fama, da Rede TV! e esteve em uma divertida entrevista no Programa do Jô, da Rede Globo (www.youtube.com/tammyluciano). Grava vídeos para um quadro chamado Crônica Falada (www.tammyluciano.com.br/cronicafalada.html) e é uma das integrantes do grupo Novas Letras, o primeiro grupo de escritores em turnê pelo Brasil.

 

Palavras do coração:

A verdade é que descobri o teatro por acaso. Tudo aconteceu depois de participar como atriz, apenas por brincadeira, na montagem de uma peça infantil para um aniversário. Desse dia em diante, descobri a forma pela qual poderia me realizar como profissional...

Desse dia em diante, descobri a forma pela qual poderia me realizar como profissional... E depois veio a descoberta do vídeo, da TV, das palavras gravadas, quase tatuadas, dos livros escritos e de uma vontade enorme de me comunicar, contar histórias, realizar projetos literários, artísticos, contribuindo da maneira mais positiva possível no mundo de letras, imagens e sons que eu gosto de criar.

 

Trajetória detalhada:

De 1986 até 1987-Teatro amador. A primeira peça foi A bruxinha que era boa de Maria Clara Machado.

Em 1988- Iníciodo curso de artes cênicas na CAL, Casa das Artes de Laranjeiras.

Em 1990- Curso de teatro na Casa dos Artistas. Trabalhou como atriz nos seguintes espetáculos teatrais: O Manipulador, Que país é esse?, Vovó Quitéria conta A Bela Adormecida... Nessa época escreveuKrikilin rima com Ziripin, sua primeira peça infantil. Início da Faculdade de Jornalismo. Como jornalista, trabalhou no Jornal Grajaú, na Radiobrás, Sistema Brasileiro de Rádio, e na apresentação do programa televisivo Cortiça.

Em 1993-produtora geral do espetáculo Rock Rollou. Com roteiro de Miguel Paiva, direção de Cininha de Paula e estrelado por Liane Maya, o musical esteve em cartaz no Teatro Barra Shopping.

Em 1995- Seus textos começaram a ser apresentados em teatros. Primeiro foi Krikilin rima com Ziripin. Dirigido por Marcelo Lavinas, o espetáculo foi apresentado no Teatro do Posto Seis, no Teatro América, no Teatro Grajaú e no Teatro de Lona da Barra, todos no Rio de Janeiro. No mesmo ano, A rua daqueles homens, dirigido por Marco Aurélio Hemmilin, fez temporada no Teatro Tereza Raquel e no Teatro Galeria. Em 1996, O menino que escreveu o mundo esteve em cartaz no Teatro de Lona da Barra, dirigido por Claudio Cinti.

Em 1996 -Mudança para Washington DC, EUA, onde trabalhou na Idea Television, produtora independente dirigida pelo jornalista Luís Fernando Silva Pinto. Também estudou roteiro e teatro no Montgomery College. Nessa mesma época, iniciou meu trabalho como colunista na revista Encena Brasil.

No final do ano de 1997, retorna ao Brasil, onde criou a coluna Vivendo a Vida no JB Online e trabalhou como editora de texto da produtora independente Arte e Fato.

Em 1998, a coluna Vivendo a Vida foi transferida para o jornal Baguete Diário.

Em 1999, participou do Programa Linha Direta, na TV Globo, da leitura da peça Programa de Índio, com texto e direção de Paschoal Villaboim, na Casa da Gávea, Rio de Janeiro e do Workshop de interpretação para TV e Cinema com o diretor Maurício Farias, da TV Globo. Passou a dar aula de teatro na Casa dos Artistas, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro.

Em 2000, participou do espetáculo Vovó Quitéria conta...Chapeuzinho vermelho. Gravou participações nas novelas Uga-Uga, de Carlos Lombardi e Laços de Família, de Manoel Carlos. No teatro, fez o espetáculo Cinderela no Teatro dos Grandes Atores, no Barra Square, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Em 2001, Participou do elenco do O Mágico de Oz, em cartaz no Teatro Barra Square e no teatro Miguel Falabella. Gravou o programa Linha Direta e apresentou do programa Tá no Papo para a Hipermídia, antigo canal de tecnologia do Globo.com. Participou da leitura da peça Programa de Índio, escrita por Paschoal Villaboim.

Em 2002, continuou dando aulas, dirigiu o espetáculo Lixo de Gente. Passou o ano escrevendo, além da sua coluna no jornal,a biografia da modelo Fernanda Vogel.

Em 2003, foi contratada pelo Sindicato dos Artistas para ser professora do curso profissionalizante da Casa dos Artistas! Além do curso profissional, continuou dando aulas no preparatório. Escreveu, produziu e dirigiu o espetáculo teatral Anjos que falam. Pela editora 7Letras, lançou o livro Fernanda Vogel na Passarela da vida.

Em 2004, passou no teste para ser apresentadora do programa Tour Brasil, na Band e gravou quatro programas. Escreveu o romance A segunda vez era amor. Escreveu, dirigiu e participou como atriz dos espetáculos Enlouqueceram e Casaram e Nosso louco cativeiro. Dirigiu os espetáculos Os filhos do Gadernal, e Os sonhos de Ana. Participou, no papel de enfermeira, na novela Senhora do Destino. Teve um texto selecionado para a revista Seleções e o livro Fernanda Vogel na Passarela da vida ganhou o prêmio Independência - Personalidades do Ano. Passou no teste para ser repórter do TV Fama, na Rede TV!

Em 2005, Lançou seu segundo livro Novela de Poemas. Na Escola Sated, dirigiu os exercícios cênicos O poço do Poço e o Barulho das Almas Caladas. Também escreveu e dirigiu o espetáculo Milagrosa dos Tempos.

Em 2006, saiu do TV Fama. Escreveu a peça Pequeno Manual prático de sobrevivência a dois. Trabalhou como apresentadora e repórter da TV Lance. Dia 05 de agosto de 2006, estréia a peça Krikilin rima com Ziripin no Teatro Suassuna, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Além de escrever a peça, produziu e atuou. Também escreveu o espetáculo As Mazinhas.

Em 2007, terminou de escrever seu terceiro livro, Garota inferno Azul. Em abril, foi convidada do evento Vale Tudo na Casa dos Artistas e ganhou de presente mais uma turma de teatro para dar aula. Máximo!!! Em junho de 2007, a modelo Daniela Sarahyba elogiou o livro Fernanda Vogel na Passarela da Vida em entrevista ao Caderno ELA, do Jornal O Globo. Em agosto, gravou um episódio do Linha Direta, TV Globo, caso Hosana, fazendo papel da dona de um salão.

O programa foi exibido em setembro. Nesse período, fechou um papel na novela Caminhos do Coração da Rede Record, interpretando a Ivonete, empregada da personagem Cassandra, interpretada pela Angelina Muniz.

Em 2008, o ano começou com a apresentação dos espetáculos Os Coladinhos e Inesquecível sabotagem, dirigidos por Tammy, no Retiro dos Artistas. Em abril, Tammy esteve visitando o Colégio Arvoredo, para realizar sua Palestra Escritora na Escola. Em maio, a personagem Ivonete, que Tammy interpretou em Caminhos do Coração foi morta pelo personagem Meduso, encerrando assim a participação da atriz na trama. Em julho, Tammy foi convidada especial e palestrante do encerramento Universidade da Terceira Idade, na Universidade Veiga de Almeida. Nesse mês, Tammy terminou mais um livro, As Mazinhas. Um texto que começou como peça de teatro até virar livro.

Em 2009, Tammy participou do curta-metragem "A Camareira", com direção de Rose Germano e em dezembro lançou o livro Sou Toda Errada.

Em 2010, Tammy aceitou o convite para integrar o Grupo Novas Letras (www.portalnovasletras.com.br) ao lado dos escritores Enderson Rafael, Fernanda França, Leila Rego e Patrícia Barboza. Ao lado dos autores, Tammy se dedicou a divulgar a Literatura Nacional e seu livro Sou Toda Errada, viajando para cidades como São Paulo, Porto Alegre (Participação na Feira do Livro de Porto Alegre), Rio de Janeiro, Natal... conquistando ainda mais leitores. Na Bienal de São Paulo Tammy foi um dos dos sucessos no estande da Livraria Saraiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(É, para grande felicidade, fui no Programa do Jô! Uauuu! Não tenho como descrever o que senti. O Jô foi imensamente querido comigo e me recebeu de maneira muito especial!)

Em 2011, Tammy continou a divulgação de Sou Toda Errada, visitando cidades como São José dos Campos, Ribeirão Preto, Poços de Caldas, Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo... Sou Toda Errada esgotou sua 1º edição. Na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, Tammy participou com evento no estande da Editora Novo Conceito, sendo uma das integrantes do Novas Letras presentes em debates com temas diários.Tammy assinou com a editora Novo Conceito e seu livro Garota Replay será lançado em março de 2012 pelo selo Novo Conceito Jovem. Outra felicidade para a escritora foi sua participação no Programa do Jô, da Rede Globo de Televisão (http://programadojo.globo.com/videos/v/a-atriz-escritora-e-jornalista-tammy-luciano-participa-do-programa/1638378/). No mês de outubro, o filme "A Rua Daqueles Homens", com roteiro da Tammy foi selecionado para o Cine Cufa 2011, com exibição no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil).

Em 2012, o livro Garota Replay foi lançado pela editora Novo Conceito e Tammy se tornou a primeira escritora brasileira do Selo Novo Conceito Jovem! Viajou durante todo o ano por cidades como São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, São Pedro da Aldeia, participou da importante FLIP de Paraty, da Bienal de São Paulo (esgotando Garota Replay duas vezes!) e a tradicional Feira do Livro de Porto Alegre (sendo considerada pelo Portal IG um sucesso por ter arrastado centenas de adolescentes). Durante todo o ano, novos vídeos foram gravados para o quadro Crônica Falada. Em outubro, Tammy se apresentou o espetáculo "Tá Se Achando" em que escreveu,dirigiu e atuou. Quer assistir a Tammy atuando? O vídeo está aqui no Youtube. O final do ano terminou com comemoração: Garota Replay foi indicado como melhor livro na categoria Nacional InfantoJuvenil Teen do Destaques Literários 2012 (http://destaquesliterarios.blogspot.com.br/)

Obrigada pelo carinho de todos os leitores, espero que 2013 seja um ano lindo para todos nós! :)